Videogames X Arte

Parece um quadro, mas não é. Esta é uma cena de Okami.

Parece um quadro, mas não é. Esta é uma cena de Okami.

Imagine a cena: você está no museu do Louvre em Paris, após passar um tempão admirando a Mona Lisa você vira à direita no corredor e dá de cara com uma TV de plasma exibindo uma partida de Tetris!

Estaria isso muito longe de acontecer? Infelizmente, ou felizmente, sim.

A discussão sobre considerar os videogames como a oitava arte já perdura entre a imprensa especializada por muito tempo, mas ganhou força nos úlimos tempos devido a games que flertam com a arte como Okami e Shadow of the Colossus (ambos para Playstation 2).

Foi dito há muito tempo que toda forma de expressão é considerada arte, videogames são uma forma de expressão mas não é reconhecido mundialmente como uma forma de arte, por quê? Caro leitor, existem várias razões para que os críticos não considerem os videogames como arte:

A primeira e mais óbvia é que não são os críticos que avaliam os games (e convenhamos que nem poderiam, pois se apegariam a detalhes técnicos demais), mas sim os jornalistas de games. E sabemos que por mais que o jornalista tenha um ego enorme, ninguém além dele vai considerar seu texto como uma obra prima.

A segunda é que nenhum crítico avalia um quadro de Da Vinci por notas, ao contrário de como o são nos videogames. Compre uma revista de games (qualquer uma), ou visite os sites da Gamespot, ou da IGN, fatalmente os reviews terão notas de 0 a 10 ou de 0 a 100. Agora tente achar uma nota para algum livro de Sidney Sheldom, dificilmente você vai encontrar alguém que dê uma nota para um Best-seller…

A terceira é a acessibilidade, citada pelo jornalista Marcel R. Goto na edição número 87 da EGM Brasil, se você souber ler e escrever nada te impedirá de escrever seu livro (caramba até a Bruna surfistinha escreveu um livro!); se você tem tinta e papel nada te impede de pintar um belo quadro; se você gosta de cinema, tem boas idéias e tem uma câmera, voilá, lá está seu documentário. Mas e com games? Com os games não basta saber e gostar de jogar, pra fazer o seu é necessário conhecimento em C++, Java, etc.

E a quarta e última (e mais humilhante) é que os videogames ainda são vistos por muita gente como coisas de criança. Tudo bem que a música é arte e existem músicas infantis, mas é totalmente diferente pensar que um jogo foi criado para adultos e não seja violento ou pornográfico (estou errado?).

Ainda que os jogos eletrônicos estejam cada vez mais complexos, belos e inovadores existem esses fatores que impossibilitam que figuras lendárias do mundo dos games como Shigeru Miyamoto ou Cliff Blezinski sejam vistos como artistas.

As Sete Artes são consideradas a Música, a Dança, a Pintura, a Escultura, a Literatura, o Teatro e o Cinema. Nada de videogame até o momento. Talvez algum dia algum cara revolucionário olhe para a evolução dos jogos eletrônicos e diga: ”Puxa, esse jogo transmite mais emoção do que qualquer quadro de Miró”. Mas acredite que isso está tão longe quanto a colonização do espaço.

Mas e você considera os videogames como forma de arte?

Um quadro de..., ops... Uma tela de Shadow of the Colossus.

Um quadro de..., ops... Uma tela de Shadow of the Colossus.

Luiz Silva

3 Comentários

Arquivado em Games, tecnologia

3 Respostas para “Videogames X Arte

  1. Fala, pessoal. Beleza?

    Eu vi o seu pedido de parceria lá no meu blog. Claro que eu aceito, inclusive já inclui o blog de vocês no meu blogroll…

  2. will polli

    ola luiz. entendo o seu ponto de vista, mas tenho q ressaltar q talvz ele esteja um pouco equivocado em alguns pontos. quanto aos games estarem distantes dos museus, sua aceitaçao nao eh uma unanimidade, com certeza, mas ha algumas iniciativas como do itaú cultural http://www.itaucultural.org.br/gameplay/ com exposiçoes voltadas para o meio virtual e dos games propriamente ditos.
    criticos de arte especializados em games eu nao conheço, isso é um realmente um grande problema. mas acredito q deve haver pessoas nesse caminho,(pelo menos nos EUA, onde essa discussao game-arte ja existe ha algum tempo) pois eu mesmo sou estudante no ultimo ano de artes plasticas e pretendo seguir nessa área, porque sinto que a necessidade de profissionais melhor preparados para essas avaliaçoes criticas.
    os criticos de arte tambem poderiam avaliar pinturas por notas, porque apesar da obra ser considerada um todo, tambem exitem questoes tecnicas que sao avaliadas separadamente mas tambem como funcionam no contexto da obra, assim como nos jogos. o fato dos jogos receberem pontuaçoes, acho q está muito mais ligada a uma necessidade de mercado, onde os consumidores de games se acostumaram com esse metodo e por isso ele se mantem assim.
    quanto ao conhecimento para se fazer jogos, bom… qualquer um pode fazer um livro? sim. qualquer um pode fazer um bom livro? nao. precisa estudar para isso mesmo. e só gostar de ler nem sempre é o suficiente. as vezes precisa estudar mais do que se imagina. com os jogos é a mesma coisa. existem tantas ferramentas hoje por aih, e gratuitas, (um excelente programa gratuito, mas q precisa estudar pra mecher bem é o blender 3D http://www.blender.org/ ) que qualquer um com disposiçao e q goste d games pode fazer um. mas pra ser bom tem q estudar mesmo.
    essa visao dos jogos como algo infantil infelizmente existe bastante, alem de outras questoes q fazem com q seja visto como prejudicial. mas isso acho q é umaquestao de tempo. os games sao um meio muito novo. mesmo a pintura como arte, do modo que nós vemos hoje a arte, demorou pra ser vista assim. a fotografia ha algumas decadas era considerada apenas reproduçao de imagens. e assim foi tambem com o cinema. os quadrinhos que sao muito masi maduros q os games, por existirem a mais tempo terem sido muito mais experimentados, ainda sofrem com o mesmo preconceito dos games, apesar de terem uma maior aceitaçao entre o publicomo como arte, e terem pessoas q os defendam com argumento muito bem fundados como humberto eco por exemplo.
    espero ter acrescentado a essa discussao com um ponto d vista um pouco diferente. e acho otimo q cada vez mais haja pessoas em discutir games com seriedade.

  3. Wow! what an idea ! What a concept ! Beautiful .. Amazing …

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s