Top 10: Músicas dos Games!

Este é o logo do espetáculo Videogames Live, evento que conta com uma orquestra para tocar músicas dos games!

Este é o logo do espetáculo Videogames Live, evento que conta com uma orquestra para tocar músicas dos games!

Vou fazer uma pergunta idiota: você gosta de música? A menos que você seja um alien avesso a barulhos que vive num mundo silencioso (nota: estamos considerando apenas as pessoas com audição apurada, isto nada tem a ver com pessoas com deficiência auditiva), imaginamos que você goste de música.

Vilão que marcou a história dos games tem sua própria música.
Vilão que marcou a história dos games tem sua própria música.

Se você gosta de boas músicas é outra história, mas o fato é que mesmo que você goste de coisas do gênero podre da música mas gosta de videogames, você estará fadado a gostar de certas músicas que se tornaram hinos da música gamer. A maioria desses hinos começaram na época do NES depois migraram para o SNES, um fato curioso: o Atari não tinha poder para criar canções, apenas barulhos sincronizados.

Como esquecer a saudosa "música do Sonic".
Como esquecer a saudosa “música do Sonic”.

O fato é que na era  16 bits as músicas passaram a ser levadas em consideração nos games que iam surgindo e nomes como Nobuo Uematsu passaram a ser tão famosos quanto a dos maiores criadores de jogos eletrônicos como Shigeru Miyamoto. Afinal a música nos games passava a ser fator primordial para embalar os grandes momentos dos games. O legal é saber que os cartuchinhos tinham memória tão pequena de armazenamento (mais ou menos 1mb a 2 mb), mas eram capazes de carregar horas e horas de músicas para acompanhar o game. Por isso eu digo que os caras que faziam games na década de 80 e início de 90 eram  muito fodas.

Como esquecer músicas que embalavam como as de Mortal Kombat 2, Super Metroid e os vindouros Donkey Kong Country. Sem esquecer os mais antigos da geração anterior como o próprio Donkey Kong e Super Mario Bros, ou as megalomanias do RPG que dominaria o mundo como nenhum outro (Final Fantasy).

Esta é a garota por trás das músicas de Kingdom Hearts.
Esta é a garota por trás das músicas de Kingdom Hearts.

Depois veio a era do Playstation 1 e 2 e as músicas já estavam nos formatos de CD e posteriomente DVD com altíssima qualidade. Games como Resident Evil, Digimon World e a clássica série que pôs Akira Yamaoka na boca do povo (Silen Hill e seus sons e músicas devastadoras). Foi praticamente uma evolução natural das músicas monofônicas para as polifônicas e depois o advento de cantores, compositores e orquestras.  O mercado Japonês então foi o que mais se valeu desse recurso nos seus RPG’s, como foi o caso da série Kingdom Hearts que além de Yoko Shimomura ainda contava com as canções de Utada Hikaru e as músicas originais da Disney.

Enfim, acho aque você já captou qual a idéia: as músicas nos games são muito importantes seja em qual geração for. E é relembrando essas músicas que apontamos algumas das mais memoráveis do mundo dos games, aperte o play e ouça algumas das melhores músicas dos games de todos os tempos:


10 – Sanctuary – Kingdom Hearts 2

9 – The Answer – Megaman X6

8 – Super Mario Bros Theme – Série Super Mario

7 – Green Hill Zone Theme – Sonic the Hedgehog

6 – Theme of Laura – Silent Hill 2

5 – Bio Hazard Outbreak Theme – Resident Evil Outbreak

4 – The End Begins – God of War

3 – The Biggest Fight – Dragon Ball GT Final Bout

2 – Ocarina Medley – Legend of Zelda: Ocarina of Time

1 – One Winged Angel – Final Fantasy VII

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Games

3 Respostas para “Top 10: Músicas dos Games!

  1. as músicas do Mario são ótemas! 8D

  2. Pingback: Fique por dentro Games » Blog Archive » Músicas nos games! « Revistagames's Blog

  3. GunmKata

    Este comentário foi sumariamente deletado pelo dono do blog porque o dono do blog assim quis. Pois ele é o grande mestre por aqui e não vai deixar crianças chatas e mal educadas pentelharem por aqui.

    O dono do blog ainda afirma que qualquer opinião que vá em discordância a este ou outros post são bem vindas, mas difamações e ofensas aos provedores de conteúdo daqui são apagadas como se não fossem relevantes!

    Apoio: Sistema Ditatorial do Blog RevistaGames