Entrevistamos a Renata Honorato! (Parte 1)

Renata Honorato

Esta aqui é a Renata Honorato no dia da entrevista.

Apesar de este ser um blog novo e tals, há uma coisa que não se deve negar: somos diferentes! A começar pelo nascimento do blog, afinal ele foi criado meio que por acaso, meio que por obrigação, mas isto é outra história…

O fato é que se precisava ganhar algum espaço na internet, que fosse um espaço interessante para que aqueles que gostam de ler sobre videogames se sentissem entretidos.

E para manter os leitores entretidos nada mais justo do que trazer coisas diferentes não? E uma das coisas diferentes que fizemos ao longo desse quase um ano foram entrevistas (se comparado com vários outros blogs, é claro), várias estavam engavetadas por um certo motivo especial.

Mas agora que não existem mais impedimentos para que todo o conteúdo especial seja liberado, então vamos começar a soltá-lo. Uma das primeiras entrevistas foi com Renata Honorato do Arena IG, o legal é que a entrevista foi feita pessoalmente, papeamos com ela lá no terraço do prédio do IG.

Essa entrevista até ficaria engavetada mais algum tempo, mas já que recebemos comentários de alguém com o nick “Honorato” mas que coloca o e-mail errado decidi que já era mais do que hora.

Como a entrevista fora longa, decidimos dividí-la em duas partes, aí vai a primeira:


Desde quando joga videogames?

Renata Honorato: Desde criança, jogava Atari depois tive um Mega Drive e por aí foi.

Teve algum momento ou algum jogo em sua vida que te despertou o sentimento de “caramba, como eu adoro videogames…”?

Renata Honorato: Sim, Enduro e Sonic marcaram a minha infância, passava horas jogando.

O que você prefere: os jogos antigos ou os atuais?

Renata Honorato: Os atuais, pois houve uma melhora significativa na experiência de jogo, os gráficos são melhores, há uma interação maior com o jogador e uma imersão do jogador para o jogo que não era possível anos atrás, como exemplo os jogos de terror que metem muito medo nos jogadores. Os jogos atuais são mais adultos.

Essa é conceitual: The Sims é adorado por mulheres e Gears of War é adorado por marmanjos, qual dos dois você prefere?

Renata Honorato: Particularmente prefiro Gears. Não tenho paciência para jogos administrativos, nem mesmo Sim City, mas isso é gosto pessoal e o perfil dos jogadores é muito distinto, não é tão homogêneo quanto todos pensam. E de qualquer forma faltam jogos mais femininos.

Quando você vai a uma convenção de games como a E3, sente-se incomodada no meio de Nerds ou entre amigos?

Renata Honorato: Haha, lá eu me sinto em casa, sou nerd. De qualquer forma as pessoas criam estereótipos para os nerds, hoje em dia os freqüentadores desses eventos são os mais descolados, estão sempre sintonizados no novo e na tecnologia que avança.

Para efeito de comparação, como estaria o Anime Friends com a E3?

Renata Honorato: O público tem muita diferença, a E3 ganha disparado, o evento é gigantesco. Aqui no Brasil as coisas acontecem devagar e em comparação com o que há lá fora é muito fraco. Mas eu adoro o Friends e o Com, lá você encontra coisas muito peculiares.

É verdade que mulheres que jogam e no seu caso trabalham com games, recebem um tratamento “diferenciado”?

Renata Honorato: Não, até porque no local em que trabalho há muito mais mulheres que homens e no caso de mulheres que jogam acho que não, pois o interesse das mulheres por videogames é crescente, se fosse há muito tempo atrás sim, mas hoje não. As coisas estão bem diferentes.

Games afetam positivamente ou negativamente os relacionamentos das pessoas?

Renata Honorato: Positivamente, pois há mais uma coisa para se falar.

O que acha dos “istas”?

Renata Honorato: Acho que a atitude deles é de pura bobagem, acho que eles deveriam se abrir para outras coisas e experimentarem um pouco mais, senão acabam criando uma proteção desnecessária para coisas boas.

O que se diz a uma pessoa que acha que videogame é coisa de criança?

Renata Honorato: Que ela cresça e acompanhe as tendências, que se informe antes de dizer tolices.

Após vários comerciais e ações anti-games, as pessoas acabam achando que os gamers são um bando de psicopatas, como mudar essa visão após notícias de jovens que saem atirando após jogarem GTA?

Renata Honorato: Bom, creio que a visão dessas pessoas vai mudar conforme a informação e o esclarecimento for chegando, está claro que os games não são responsáveis por crises de insanidade, só falta as pessoas aceitarem isso.

E as coisas não ficam muito boas com mais e mais vídeos circulando por aí, como aquele em que o namorado bate em sua esposa. Se você tivesse um filho pequeno deixaria jogar GTA?

Renata Honorato: Não, pois GTA não foi feito para crianças. É como filmes pornográficos e violência no cinema, foram todos concebidos para um público mais maduro.

Mas há uma série de crianças que jogam GTA em Lan Houses ou vêem pornografia e violência…

Renata Honorato: Mas aí o dono do estabelecimento é que deve ter um controle do que as pessoas estão fazendo no PC.

Legal. Vamos ao ping pong:

Um jogo?

Renata Honorato: NBA Live ou GTA, mas ficaria com NBA pois adoro jogos de esporte.

Um vilão?

Renata Honorato: Robotnik, ele é inesquecível.

Um designer?

Renata Honorato: Shigeru Miyamoto, ele é o cara.

.

.

.

Renata Honorato
Editora – Games
Gerência de Conteúdo de Entretenimento
iG – Internet Group do Brasil
www.ig.com.br
www.arenaturbo.com.br

www.colunistas.ig.com.br/gamegirl

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Entrevista, Games, Notícias

5 Respostas para “Entrevistamos a Renata Honorato! (Parte 1)

  1. Victor

    “Quando você vai a uma convenção de games como a E3, sente-se incomodada no meio de Nerds ou entre amigos?”

    não houve cabimento fazer esta pergunta … teoricamente foi um ofenssa …

  2. Luiz

    Ofensa a quem? A você? A ela ou aos frequentadores da convenção? Não vou perder tempo discutindo sobre o que significa a pergunta, mas vou dizer uma coisa:

    Teve E3 que a Disney queria empurrar show do High School Musical, e pra quem sabe o público da E3 é composta só por jornalista. Me diz um jornalista sério que não se sentiria incomodado?

  3. kamui

    LOL TAVA KAMUI MEU NICK TUDO BEM MEU NOME E É VICTOR MAIS EU ESCREVI MEU NICK KAMUI E OUTRA …

    DO JEITO QUE VC ESCREVEU A PERGUNTA EU INTERPRETEI DE UM JEITO TPO ELA SER A DESCOLADA E IR EM EVENTO DE NERD TPO COMO SE ELA NAUM FOSSE UM DE NOS …

  4. VICTOR

    O CHARA DE CIMA SURTO … TPO

    O LUIZ O BLOG TAH ESTRANHO … OU MEU PC TAH SEM SURPOTE ´PRA ELE TPO

    TAH SENDO OBRIGADO BOTAT O EMAIL PRA POSTAR … NAO ERA ASSIM ANTES …

  5. Luiz [Digimon Kaiser]

    Ainda não surtei. ^^

    Na certa o seu Nick mudou automaticamente pq eu andei dando umas mexidas nas ferramentas administrativas para reconhecer usuário por endereço IP, claro que isso só funciona uma vez de cada vez.

    Quanto a pergunta, bem pode ser que algum dia você vá a E3 e se sinta deslocado, vai de cada um.

    Quanto ao blog aqui está tudo certinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s