Hands-On

Os jogos do momento estão caindo nas nossas garras, cuidem-se produtoras, não temos medo de esculachar se necessário...

 

Nossa consegui terminar mais dois games esta semana ufa… ( hehehe) bem apesar de ter que jogar jogos ruins e bons até então trago para vocês o que há de melhor e ruim nos dias de hoje desta nova geração que está dando o que falar.  

Dantes Inferno (Multiplataforma)  

Divina Comédia de Dante é retratada em grande cópia de God of War

 Olha o game não é ruim, ele é lindo, mas não há nada de original então não há o que falar de inovador nele, simplesmente é o que esperamos de GoW 3 com melhorias.  

 No game você controla Dante um cavaleiro que volta das cruzadas e por ironia do destino tem a mulher Beatrice assassinada o cara muito apaixonado pela moça (gostosa, os peitos dela lembram as mulheres de GoW)  resolve ir até o inferno tirar satisfações…

   O enredo é épico sem dúvida nenhuma, mas peca na parte prática do game, o sistema de batalha é idêntico ao de God of War até na parte de esquivas onde se deve esquivar-se com o analógico, os combos nem tanto, mas há momentos onde se deve finalizar o inimigo com um botão só ao estilo de GoW. Os puzzles que o game oferece além de poucos são sem sentido algum sendo o ponto forte do game a ação frenética e violentíssima ( talvez nem o inferno seja tão violento).  

 Na parte gráfica o game não peca os gráficos são lindos talvez um dos mais belos já vistos nesta geração e os cenários são belos (tudo bem que é o inferno, mas não é nada feio). A parte sonora é mediana com temas bastante emotivos nas batalhas porem é outra coisa que lembra o jogo da Sony.

  Dantes Inferno é um bom game, porém a falta de originalidade faz dele ser um game ruim, pois nos dias de hoje considerando esta nova geração de games esperamos inovações a cada dia que passa e não simples plágios como este game.

  Produtora: Visceral Game

  Distribuidora: Eletronics Arts

  Nota: 7,5  

 .

 .  

 Need for Speed Shift (multiplataforma)  

A série volta em clima de superprodução

  A série estava passando maus bocados nos últimos anos, porém no final de 2009 a EA resolve abandonar tudo e fazer um novo projeto um projeto ousado e desafiador, NFS Shift é o resultado deste projeto e vem para mostrar que a série ainda tem bastante combustível para queimar.

 O estilo do game é bem Gran Turismo com corridas em circuitos bastante realistas, porém retira toda a jogabilidade digamos selvagem que possuía e faz uma excelente fusão no quesito, há momentos no game onde você deve hardcorizar as suas manobras, porém há momentos onde você tem que dar uma de profissional e bater não é opção.  

  No game você acumula experiência no qual é utilizada para subir de level (como em Dirt 2) quando tal ato ocorre você libera mais itens e pistas para  usufruir, há duas maneiras de acumular pontos: uma é dar uma de piloto de fuga e hardcorizar suas corridas e a outra é dar uma de senhor perfeito e suavizar suas corridas, porém você pode fundir estas duas opções e fazer uma corrida bem bacana.Na parte dos veículos o game não peca há um grande acervo de máquinas e todas elas são bem realistas e bonitas de se ver.Em 1994 o primeiro NFS possuía a câmera de dentro da cabine do piloto e em Shift a possibilidade volta sendo o grande foco.

Na parte gráfica o game não peca tudo é bem construído e realista sendo um dos grandes trunfos do game, o que mais surpreende no game é o designer gráfico da cabine do piloto tudo é muito bem representado e parece um carro de verdade superando até o sistema feito em Forza 3.

A trilha sonora deixa de lado as músicas de ruas das outras séries e volta com temáticas bem profissionais e cultas nos menus, já na parte gameplay o som do silêncio é quebrado com o ronco perfeitos dos motores das máquinas e suas passagens de pneus pelo asfalto quente.

NFS Shift é a volta da vitória para a EA que vem há muito tempo vêm sofrendo com o game…

Produtora: Electronics Arts

Distribuidora: Electronics Arts

Nota: 9

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Games, Hands-On, Reviews

3 Respostas para “Hands-On

  1. kerorokun

    yoshiiiiiiii,ótimo! depois de rygar,mais um clichê NYO=>.<=
    xD
    espero um review de HALO:3 NYO
    na próxima^^
    ganbattekudasai grey fox kun^_^

  2. Luiz [Digimon Kaiser]

    De fato (digamos) que não me surpreendi com as boas notas de Dante’s e Need, tipo Dante’s como você mesmo disse não passa de um GoW então não tem como ser ruim.

    Já o Need pelo que a EA mostrava estava na cara que seria um jogão.

    Muito rox essa sessão.

  3. fallout

    Dantes Inferno até que mereçeu uma nota boa por ser uma copia bem se fosse eu era 5 chorando mais que seja a IGN também du 7.5 e respeito os caras pq não respeitar voces ^^

    o shift teve uma pequeno atraso na analise hein mas a nota 9 foi merecida ,,, ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s