Hands-on – The 3rd Birthday (Parasite Eve)

Para aqueles que viram o nosso Dossiê sobre Parasite Eve sabe muito bem que o game é com certeza um dos melhores já produzidos na historia, pois bem o game finalmente recebe a sua terceira versão, mas deixando bem claro que tudo que você sabia , foi esquecido.

Donos do PSP podem comemorar, pois apesar de mudanças bruscas o resultado final é um game que com certeza é um dos melhores já feitos para o portátil, aqui vocês irão encontrar uma trama envolvente e efeitos gráficos espetaculares e para os fanboys de Cloud e sua turma Tetsuya Nomura faz deste game um épico.

Em The 3rd Birthday você devera se acostumar com a nova Aya Brea inserida no game, nos dois primeiros Aya era uma pessoa de poucas palavras e bancava a durona, nesta terceira versão a personalidade dela muda de forma brusca , a garota chora , sofre e deixa ate o jogador comovido com seus momentos dramáticos que o game possui, mas que fique bem claro esta mudança faz parte da historia do game.

A trama envolve elementos que variam desde viagens temporais a um holocausto envolvido na cidade de Nova York, Aya junto a seus amigos de uma agencia chamada CTI deve realizar viagens temporais para salvar o mundo, porém a trama não se fecha somente nisso e a conclusão pode deixar alguns jogadores decepcionados, mas com certeza é algo que comove qualquer jogador.

O sistema de batalha muda para melhor, ao contrario dos outros games, aqui é uma verdadeira visão em terceira pessoa ao estilo de Syphon Filter, o jogador ira estranhar em alguns momentos onde é necessário rodar a câmera, pois devido a limitação de botões no PSP isso torna um tanto complicado, mas em compensação o resto da jogatina esta perfeito, Aya possui sistemas de cobertura típicos de Gears of War, movimentos rápidos como esquivas e saltos e suas habilidades com armas estão melhoradas.

Além disso, Aya possui uma habilidade chamada Overdive com esta habilidade Aya consegue literalmente trocar de corpo com alguém que esteja no cenário, mas essa habilidade será a mais utilizada em todo game, pois além de trocar de corpo Aya também pode fugir de ataques, escapar da morte e até desferir danos nos inimigos entrando dentro deles.

The 3rd Birthday pode ser considerado mais um jogo de tiro do que um de RPG devido ser literalmente um game de andar e atirar, porém ainda vive elementos de RPG no game como sistemas de leveis, customização de armas e de seu próprio DNA, esse lance do DNA serve para Aya adquirir habilidades que permite regeneração e ataques mais fortes.

Além destas habilidades Aya possui uma espécie de “Limit Break” chamado Liberation, quando a barra desta habilidade estiver completa o jogador ira usufruir de poderes devastadores e os movimentos de Aya passam a ser muito mais rápidos.

O designer gráfico é o maior ponto forte do game, semelhante ao designer visto em Crisis Core, aqui os cenários e os personagens recebem um tratamento muito bem feito, as CGs do game são o show a parte, com o designer de Tetsuya Nomura o jogador ira presenciar momentos de tirar lagrimas dos olhos como cena na boate logo no inicio do game onde é mostrada uma verdadeira chacina, o visual desta cena impressiona, além e claro de outras CGs que o game possui.

As animações do game são muito bem feitas, com um ar cinematográfico  o jogador ira presenciar momentos épicos no game como batalhas contra inimigos gigantescos, CGs impressionantes e muitos momentos de dramaturgia. Jogadores que procuram uma ação frenética e com muitos desafios deixarei bem claro que isto aqui é a solução , só para ter uma idéia o jogo possui 8 horas de jogo mais em momento algum a ação é interrompida , conseguindo até superar jogos de Xbox 360 e de PS3 neste quesito.

Além desta ação constante o jogo possui uma dificuldade acima do normal, Aya é uma personagem fraca com poucos ataques pode ir a óbito a única maneira de impedir isto é com o sistema overdive já citado, porém se seus hospedeiros acabarem pode largar o controle, pois os inimigos além de serem extremamente apelões não terão dó em deixar a pobre Aya trucidada.

Na parta sonora o game resgate na abertura o antigo tema dos primeiros jogos, isso talvez seja o único elemento que os jogadores veteranos irão encontrar, mas as novas músicas do game deixam o clima frenético e bem desenvolvido, os efeitos sonoros de explosões e de tiros também estão trabalhados mostrando que apesar de ser pequeno um jogo para portátil consegue sim manter uma postura equivalente a um jogo de console de mesa.

Com um ótimo visual e uma jogabilidade considerável boa, o jogo, além disto, possui uma ótima produção com animações e diálogos bem feitos que se enquadram a trama que por sua vez é uma das melhores já feitas na vida do portátil, o game consegue pecar apenas por dois quesitos sendo eles a câmera que não ajuda muito às vezes e seu enredo que é curto e não trás um fator replay que realmente merece ser conferido (para se ter uma idéia o jogo lhe obriga a terminá-lo 10 vezes para adquirir um extra).

Um jogo de tiro com elementos de RPG, The 3rd Birthday é a oportunidade de marinheiros de primeira viagem ganhar a oportunidade de conhecer Aya Brea que apesar de esta diferente do que conhecemos é de longe uma personagem que ira passar despercebido neste jogo.

.

.

Análise


Gráficos: Tetsuya Nomura mostra o porquê ainda esta trabalhando na Square-Enix, apesar da semelhança com Crisis Core em alguns aspectos, o jogo consegue manter uma qualidade gráfica e excepcional.

Nota: 9

.

Jogabilidade: Jogos de tiro no PSP são poucos que consegue ter uma mecânica bem trabalhada, The 3rd Birthday consegue ter algo que deixá-lo em destaque, mas possui momentos onde tropeça.

Nota: 8.5

.

Produção: Um enredo curto, porém envolvente, é de se esperar que o jogador se emocione com as animações presentes no jogo além é claro de curtir a intensa ação que o game transmite.

Nota: 8.5

.

Geral: The 3rd Birthday é um jogo que faz o jogador se emocionar, apesar de possuir uma jogabilidade que de inicio é difícil de levar, o jogo sabe deixar o jogador satisfeito e fazê-lo concluir que é um dos melhores já feitos para o portátil.

.

Nota: 8.6

.

.

Ponto forte: Ação constante do game e sua trama envolvente.

Ponto fraco: Quando é necessário ver o inimigo que está em outro lado a câmera não ajuda, poderia ter extras que ajudassem a curta duração do game a se prolongar, Aya para de chorar porque se não eu vou chorar junto…

1 comentário

Arquivado em Games

Uma resposta para “Hands-on – The 3rd Birthday (Parasite Eve)

  1. Pingback: Hands-on-O aniversário 3 (Parasite Eve) « WWW.GAMESCOLETIVOS.COM.BR

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s