Coisas que Detesto #10: Os vossos comentários

Olá meus caros ranhos de uma figa! Acharam que haviam livrado-se de mim? Ledo engano trampas, o grande Detestador estavas apenas de férias nas Bahamas ao doce som de música clássica recebendo frutaria por belas gajas desnudas ao sol do verão mediterrâneo enquanto meus asseclas eliminavam aos meus opositores.

Provavelmente o facto a ser narrado a seguir é do vosso desconhecimento, mas isto justifica-se pelo fato de vocês serem ignorantes e desmerecedores de quaisquer justificativas, mas há algo que acho por necessário que vós passem a conhecer.

Desde o infeliz dia em que deixei-me convencer de partilhar de toda a minha genialidade ao escrever neste monte de esterco eletrônico, leia-se blog, apenas fiz duas exigências:

  • Que tornar-me-ia o mandatário chefe de toda esta baboseira
  • Deteria poderes administrativos para fazer o que desse-me a calhar, incluindo ter acesso as vossas contas de e-mails e assim spamear-vos até aziar-me ou ainda eliminar a todo o domínio eletrônico se achasse por bem.

Aparentemente minhas exigências parecem ter sido todas ignoradas, visto que não me foram feito consultas antes de se mudar o layout deste monte de trampa.  Apesar disto não fiz uso da força contra meus subordinados por uma razão muito simples: interessa-me tanto a mudança da palheta de cores de tudo isto tanto quanto a execução de super-terroristas internacionais, logo preferi pensar em coisas mais frutíferas a detestar.

Quanto a conjectura de meus poderes administrativos serem reduzidos, este sim foi-me atendido.

Apesar de toda a vossa irritância, ainda não vos mandei quaisquer spam ou viroses, pois vocês palhaços não chegaram nem perto de ver todo o meu aborrecimento sendo descarregado. Além disso, apercebo-me que prejudicar-lhes seria ademais trabalhoso, visto que vocês são como bactérias que multiplicam-se mais rápido do que posso dar conta.

Estas duas constatações além de uma outra história que deves de ser narrada em ocasião mais fortuita apenas deixou-me tentado a dar mais mostras do quão engajado na arte de praticar o mal eu estou.  Gosto de ser mal, saibam disso maricas.

Minha ação limitou-se a um primeiro passo em censurar a vossa idiotice. Oras, disto vocês já sabiam que quando dá-me a calhar eu apago os vossos detestáveis comentários.

Entretanto eu não os havia dado a oportunidade de ver a quantidade numerosa de tolãs que aqui querem expressar a opinião, que, aliás, interessa-me para nada. Ou melhor, não servia-me para nada até agora, pois descobri uma utilidade em vossas divagações: servir como exemplo do quanto a humanidade pode ser digna de pena.

Dêem uma olhada em alguns comentários abaixo que eliminei ao longo da minha ditadura administrativa, e obviamente aproveito para dar-vos as respostas merecidas:

“Lista completamente idiota. Muito mal feita, faltou tanto jogo considerado bom de 2009 ou 2008 e incluiu tanto lixo.” João em uma lista aborrecida sobre melhores jogos do Playstation 3.

Oras meu caro João, se a lista é composta por jogos lixo, a culpa não é do criador da resenha, mas sim da plataforma que é como um grande depósito sanitário. Ou seja, mesmo se peneira-se bem o que há nela, só se encontrará lixo odioso.

“velho coloca o Albert Wesker do RE,o Ares do God of war tem tanto vilão bom ai e vc comloca Evil otto e em 2 colocado? a pessoa q fez essa lista ñ sabe nada de games!!!”, Filipe em outra patetada sobre melhores vilões dos games.

Concordarei com o jovem que parece pensar sobre tudo, mas não que se incluam mais vilões paneleiros, mas sim que a lista não está nem um pouco atrativa. Para torná-la respeitável devia-se excluir todos os sujeitos que a compõem e incluir apenas ao grande Detestador.

Apesar de não estar estampando nenhum game, creio que em qualquer objeto de estudo que se analise eu sou o maior vilão existente. Até o próprio Lúcifer tens pavor da minha maldade.

“Aff Cade Resident Evil 5 ai E Final Fantasy XIII E Tekken 6 E Soul Calibur IV Pelo Amor de Deus Péssimo Gosto Né ‘-’”, AnonimoO0 em outra lista top 10, desta vez dos maiores game de Xbox 360.

O jovem anônimo que é muito pouco letrado faz jus ao seu analfabetismo funcional, pois evidentemente esqueceu-se de que a tal balela literária tratava apenas de jogos eletrônicos exclusivos e achou por bem adicionar vários jogos multi-consoles.

“esse top ai em sima e meu so queria disser que o top do sait e um lixo e ele e para mulheres”, Igor em Top 10 melhores games do Playstation 2.

O gajo semi-alfabetizado considerou por bem expressar a vossa opinião dizendo que a literatura do blog é para gajas, obviamente querias jogos a explodir de testosterona como Choaniki. Deves de ser um paneleiro profissional.

E aqui foram alguns dos exemplos do quanta gente inteligente e letrada freqüenta este blog, nota-se que quem acessa isto é a grande massa ignorante composta por pobres, paneleiros e todo tipo de verme rastejante. Isto explica quais os motivos de que eu escreva com tanta pouca freqüência aqui. Detesto lugares frequentados pela massa.

Se leu isto e desagradas ao fato de eu vos censurar a ignorância, mata-te. A democracia é para maricas, apenas minha opinião deves bastar.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Coisas que Detesto, Games

2 Respostas para “Coisas que Detesto #10: Os vossos comentários

  1. Pingback: Um pesadelo de transformação! RevistaGames possui o poder de 1 milhão! « RevistaGames

  2. faaake

    É lamentavel a ignorancia de algumas pessoas ! Eu discordo de todos os comentarios ! Acho blog muito bom e espero que continuem fazendo mais postagens sobre games ! Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s